E-Learning

>> Inscrições abertas aqui!

O curso Covid-19: manejo da infecção causada pelo novo coronavírus é uma realização do Campus Virtual Fiocruz, vinculado à Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação da Fiocruz.  A iniciativa conta com o apoio do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), da Fiocruz Brasília, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), do Centro Colaborador para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Proqualis), da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS).

Carga horária: 30 horas
Público alvo: Profissionais de saúde

Com emissão de certificado

O curso tem três módulos:

Módulo 1 - Introdução: Conceitos e informações básicas (5 horas/aula)

Módulo 2 - Manejo clínico: Atenção Básica (10 horas/aula)

Módulo 3 - Manejo clínico da Covid-19 na atenção hospitalar (15 horas/aula) | Em breve

 

PORTUGUESE

 

Carga horária: 4 horas
Público alvo: Profissionais e estudantes de todas as áreas da saúde
Modalidade: Qualificação

Os coronavírus são uma grande família de vírus que causam doenças que variam desde o resfriado comum até doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). Um novo coronavírus (COVID-19) foi identificado em 2019 em Wuhan, China. Este é um novo coronavírus que não havia sido identificado anteriormente em humanos. Este curso fornece uma introdução geral ao COVID-19 e vírus respiratórios emergentes. O curso foi produzido pela Organização Mundial da Saúde e traduzido para o português pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) e está sendo ofertado e certificado pela Fiocruz Brasília.

Articles

News

Watch the webinar, in Portuguese

Vulnerabilidades, impactos e o enfrentamento à COVID-19 no contexto dos povos indígenas

January

  • The Brazilian MoH established an Emergency Operations Center (COE-COVID-19) in order to prepare the public health system to assist possible cases, coordinate actions and give a timely response.
  • On the 30th, the government declared a Public Health Emergency of National Concern as an administrative measure. This was necessary to put the operation to bring Brazilian citizens from Wuhan in place.

February

  • Before the first case was confirmed in Brazil, Fiocruz trained 9 Latin American countries for COVID-19 diagnosis.
  • The government sent a mission to repatriate 34 Brazilian citizens, who arrived on February 9 and will remain in quarantine for 18 days in a military base.
  • On the 26th, the first COVID-19 case was confirmed in the city of São Paulo.
  • Fiocruz established a Situation Room set up to follow the COVID-19 situation in the country. It gathers specialized personnel such as researchers, managers and technicians as well as representatives from the state and municipal governments.

March

  • On the 17th, the first death caused by the new coronavirus was confirmed.
  • Fiocruz´s Institute of Technology in immunobiologicals (Biomanguinhos) produced diagnosis kits to the MoH in order to make 30 thousand tests to detect the SARS-CoV-2 and distribute to all Brazilian States
  • The Foundation is working in decentralizing COVID-19 diagnosis and is training all 27 State Laboratories
  • Fiocruz is developing a diagnosis Kit to test more viruses at the same time
  • Biomanguinhos ordered supplies to produce 1 million test kits in April
  • Fiocruz started to build a 200-bed hospital for intensive and semi-intensive care of COVID-19 patients to be inaugurated in April
  • Fiocruz will lead the WHO Solidarity clinical trial in Brazil to define the most effective therapy
  • Launch of the initiative “Watch out for corona”, to disseminate information on prevention for vulnerable populations
  • Launch of Tele-coronavirus